Português Italian English Spanish

Petrobras anuncia novo aumento de 5% no preço do diesel, esse é o 5º aumento do ano

Petrobras anuncia novo aumento de 5% no preço do diesel, esse é o 5º aumento do ano

Data de Publicação: 1 de março de 2021 21:09:00
A Petrobras anunciou novo reajuste nos preços. O valor do diesel aumentou em 5% e a gasolina elevação de 4,8%. Com os novos reajustes, o litro do diesel nas refinarias acumula alta de 34,16% desde o início do ano. Já a gasolina subiu 41,3% no mesmo período.

A Petrobras anunciou no início da manhã de hoje (01/03), um novo reajuste nos preços dos combustíveis. O valor do óleo diesel sofreu um aumento de 5% e a gasolina elevação de 4,8%. Na pratica o valor do diesel vai chegar nas refinarias R$ 0,13 mais caro e da gasolina a R$ 0,12 mais cara.

Como fica os preços nas refinarias:

  • Gasolina – era de R$ 2,48. Foi para R$ 2,60.
  • Diesel – era de R$ 2,58. Foi para R$ 2,71.

Essa é a quinta alta do ano nos preços dos combustíveis. Em dezembro, o litro do diesel custava em média R$ 2,02 nas refinarias. Já o da gasolina saía a R$ 1,84.

Considerando os últimos reajustes, podemos dizer que a cada 15 dias, a estatal tem elevado o preço dos combustíveis. Com os novos reajustes, o litro do diesel nas refinarias acumula alta de 34,16% desde o início do ano. Já a gasolina subiu 41,3% no mesmo período.

Os consecutivos reajustes no diesel têm causado grande insatisfação na classe de caminhoneiros, que vem pressionando o presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, a buscar alternativas para redução do preço do combustível. Uma das medidas que o governo já havia tomado, foi de zerar os impostos sobre o diesel por dois meses, período que o governo usaria para buscar uma solução definitiva. A medida começou a valer hoje (01/03), mesma data que a Petrobras anunciou novo aumento. Na prática, pode ser que quando o valor chegar na bomba para o consumidor, a isenção das taxas tenha ficado no zero a zero, com esse novo aumento do óleo diesel.

LEIA MAIS: Bolsonaro suspende o imposto federal do diesel por 2 meses, a partir março

Para realizar o reajuste, a estatal considera diversos fatores externo, como valor internacional do petróleo e cotação do dólar.

Esse novo reajuste mexeu com os ânimos dos caminhoneiros, em diversos grupos de WhatsApp se ouve muito o discurso de paralisação devido as constantes altas do combustível. 

Lembrando que o diesel é responsável por quase 50% dos custos de operação de um caminhão. E os caminhoneiros autônomos reclamam que com a diesel caro e a tabela de frete mínimo não sendo cumprida, muitos já não têm condição de continuar.

Maíra Fernanda - Clube do Motorista

  Veja Mais
Exibindo de 1 a 4 resultados (total: 39)