Português Italian English Spanish

Reaprender a dirigir: Dicas para colocar em prática agora

Reaprender a dirigir: Dicas para colocar em prática agora


Você está precisando reaprender a dirigir? Se esse é o seu caso, você chegou ao lugar certo. Veja dicas aqui de como você pode voltar a dirigir caso você tenha, por algum motivo, parado já há algum tempo e está se sentindo inseguro quanto a voltar ao volante.

Pessoa sendo orientada em como reaprender a dirigir

 

Você está precisando reaprender a dirigir? Se esse é o seu caso, você chegou ao lugar certo. Veja dicas aqui de como você pode voltar a dirigir caso você tenha, por algum motivo, parado já há algum tempo e está se sentindo inseguro quanto a voltar ao volante.

Quando se fica muito tempo sem dirigir é importante tomar alguns cuidados para que possa tirar novamente o carro da garagem novamente. Isso é um fato e muitos motoristas acabam ignorando-o sobretudo se não tem medo de voltar a dirigir e se sentem apenas um tanto quanto enferrujados. Mas se você está buscando fazer tudo pelo caminho certo, veja aqui como reaprender a dirigir tomando todos os cuidados necessários.

Muitas pessoas são habilitadas, mas possuem medo de dirigir, dessa forma acabam ficando muito tempo sem pilotar o veículo. Se você é um desses essas dicas vão te ajudar e muito a reaprender a dirigir e podem ser colocadas em prática hoje mesmo.

É normal que depois de muito tempo sem dirigir, se perca um pouco da prática que teria se tivesse efetivamente dirigido ao longo de todo o período parado. Mas felizmente se faz possível reverter o quadro através de dicas simples colocadas regularmente em prática.

Reaprender a dirigir pode envolver acompanhamento profissional de saúde

O primeiro passo para voltar a dirigir é analisar se a parada foi ocasionada por um trauma no volante. Motoristas que eventualmente se envolvem em acidentes possuem dificuldade para voltar a dirigir e isso acaba sendo algo totalmente normal nessas situações.

Assim sendo o primeiro passo consiste justamente em uma abordagem profissional de saúde para que esse trauma receba o devido tratamento e atenção.

Ignorar essa ocorrência e simplesmente colocar o condutor de volta ao volante pode trazer sérias consequências uma vez que o medo que um novo acontecimento similar ocorra pode levar o indivíduo a desencadear ansiedade e medo, o que fará com que dificilmente assuma o controle no trânsito e dirija com a cautela necessária para evitar acidentes.

Para o caso de motoristas que pararam de dirigir por trauma, a dica consiste em realizar um tratamento com psicólogo ou terapeuta para que seja possível superar esse trauma. Somente assim será possível retornar ao veículo.

O psicólogo ou o terapeuta utilizarão de técnicas e métodos adequados que o ajudarão a superar qualquer bloqueio que o impede de voltar a dirigir.

Revise os seus conhecimentos sobre o trânsito

Mesmo que a sua CNH esteja em dia, com a data de validade distante e que o veículo esteja em plenas condições de ser pilotado, uma dica importante para que seja possível reaprender a dirigir é revisar conteúdos relacionados as normas de trânsito. Isso porque mesmo que tudo esteja dentro do prazo, nem sempre o motorista tem pleno conhecimento da legislação vigente e pode acabar cometendo irregularidades.

Uma dica nesse sentido, por exemplo, consiste em revisitar placas de trânsito, indicação/sinalização de solo, tudo de caráter prático que estiver relacionado ao dia a dia nas ruas deve receber uma boa revisão visto que ajudará o motorista a evitar acidentes.

 

Necessário revisar as placas de sinalização de trânsito, conforme legislação do Brasil

 

Revise leis de trânsito, placas presentes no sistema de trânsito, sinalização de solo, etc. Tudo isso deve ser feito antes de efetivamente tirar o veículo da garagem.

Vale mencionar a essa altura que se caso o seu veículo tenha ficado parado todo esse tempo na garagem, é fundamental que se faça uma revisão adequada para assegurar que está em boas condições de voltar as ruas.

Comece a dirigir aos poucos

Se você não tem nenhum trauma relacionado ao afastamento do veículo o melhor caminho é voltar a ele gradativamente. Não coloque um desafio de percorrer longas distâncias com o veículo se você há tempos não dirige. Isso porque somente será algo estressante e que gerará mais ansiedade, o que pode atrapalhar substancialmente o desempenho no volante.

A melhor maneira de voltar a dirigir é dirigindo pequenas distâncias como, por exemplo, o quarteirão de casa ou até o supermercado mais próximo, se a distância até ele não for demasiadamente longa.

Por meio dessa técnica imersiva será possível se familiarizar novamente com o veículo e começar a se sentir à vontade em dirigi-lo.

Praticar em curtas distâncias é essencial para se ganhar confiança com o veículo para poder experimentar distâncias mais longas. Se você está há algum tempo enferrujado, é um dos melhores treinamentos. Você conseguirá relaxar e manter o controle enquanto dirige. Conforme vai se sentindo mais seguro, pode aumentar gradativamente a distância percorrida. Análise a partir dessa métrica o seu avanço.

Pense no percurso

A ansiedade consiste em um dos principais problemas quando falamos em direção e reaprender a dirigir. Muitos motoristas sentem medo de acidentes e situações delicadas no trânsito e isso é normal. Mas uma maneira de evitar imprevistos é pensando antecipadamente no trajeto que será feito.

Em distância mais longas, para lugares novos especialmente, invista no uso do GPS. Ele contornará o medo que você tem de se perder e consequentemente reduzirá a ansiedade atrelada ao ato de dirigir.

Vale mencionar também que o GPS trará rotas mais adequadas para se seguir naquele momento e também as mais seguras.

Nesse sentido o GPS consiste em uma ferramenta excelente para quem está começando a voltar a dirigir e se sente ansioso apenas com a possibilidade de se perder.

Tenha um acompanhante

Se você não dirige já há algum tempo, voltar gradativamente com a ajuda de um acompanhante pode tornar o processo menos estressante e mais prazeroso. Além disso, se o acompanhante dirigir, pode dar boas dicas práticas de como conduzir que dificilmente você encontraria na internet ou nos livros relacionados ao tema.

 

Pessoa sendo acompanhada no processo de reaprender a dirigir

Tem opção de dirigir um carro automático?

Se faz tempo que você não dirige, mas tem a possibilidade de retornar dirigindo um veículo automático, o mesmo acaba sendo um aliado fundamental. Isso porque os carros automáticos dispensam a embreagem por um sistema de transmissão com engrenagens. O que permite que a direção seja mais simples para o motorista que está conduzindo o veículo.

Os veículos com câmbio automático possuem basicamente quatro funções definidas por letras. São elas P de Parking para quando o carro estiver sendo estacionado, N de neutro, similar ao ponto morto do carro manual, D de drive, pressionado para que o motorista possa dirigir o veículo e R de marcha ré.

Treinamento para habilitados

Caso nenhuma das dicas acima te ajude a voltar a dirigir, seja por medo, insegurança ou qualquer outro sentimento correlacionado, o mais indicado é buscar treinamento especializado para indivíduos habilitados com medo ou receio de dirigir.

Nesse caso as aulas são similares as aulas do CFC. Claro, considerando que o motorista já tem conhecimento sobre o funcionamento do veículo, apenas precisa trabalhar sua insegurança quanto ao seu funcionamento e as incertezas do trânsito.

Muitas autoescolas oferecem o serviço de treinamento para habilitados. O treinamento tem foco especial na transmissão de conhecimentos práticos e técnicos relacionados ao ato de dirigir.

 

Profissional especializado da auto escola orientando pessoa em como reaprender a dirigir

 

Os professores responsáveis pelo treinamento de alunos com medo ou receio de conduzir são profissionais altamente qualificados, especializados em fazer com que o aluno vença o receio de conduzir o automóvel.

O treinamento para habilitados pode ser uma alternativa para que se volte a dirigir. Principalmente se as dicas anteriormente não foram suficientes para auxiliar na volta do motorista as ruas. Qualquer autoescola hoje oferece o treinamento e o valor é bem acessível.

Por: André Pedrosa - Clube do Motorista